Buscar

Buscar neste site:

Nova antologia do conto russo (1795-1998)


Autor:

Bruno Barreto Gomide (org.)

Número de páginas:

645

ISBN:

978-85-7326-483-8

Editora:

34

Categoria:

Literatura Estrangeira

Peso:

850 g
R$ 79,00

Quarenta autores, quarenta contos, duzentos anos da melhor prosa russa reunida em um único volume.

Organizada por Bruno Barretto Gomide, professor da Universidade de São Paulo, esta antologia — a primeira no país inteiramente traduzida do russo e composta quase só de obras inéditas em português — apresenta ao leitor um rico panorama da literatura russa ao longo da história, iniciando-se em fins do século XVIII, com Nikolai Karamzin, e chegando até nossos dias, com Serguei Dovlátov, Liudmila Petruchévskaia, Tatiana Tolstaia e Vladímir Sorókin. Entre esses dois extremos, estão presentes todos os grandes nomes, como Púchkin, Gógol, Dostoiévski, Turguêniev, Tchekhov, Tolstói, Górki, Pasternak, Bábel e Nabókov, mas também vários outros menos conhecidos, porém igualmente importantes — Gárchin, Odóievski, Saltikov-Schedrin, Katáiev, Grin, Chalámov, Kharms, Platónov —, alguns deles nunca antes publicados no Brasil.

Para além dos grandiosos romances de Tolstói e Dostoiévski que, com seus debates de questões morais e existenciais, consagraram a literatura do país em todo o mundo, esta antologia vem mostrar que, na arte do conto, tanto em número como em qualidade — e abarcando uma diversidade de tons e temas —, os russos são igualmente magistrais.

 

Traduções de Arlete Cavaliere, Aurora Fornoni Bernardini, Boris Schnaiderman, Cecília Rosas, Daniela Mountian, Denise Sales, Fátima Bianchi, Graziela Schneider, Lucas Simone, Mário Ramos, Moissei Mountian, Natalia Marcelli de Carvalho, Nivaldo dos Santos, Noé Silva e Yulia Mikaelyan.