A violência revolucionária em Hannah Arendt e Herbert Marcuse

R$46,00

Partindo das concepções filosóficas distintas de Hannah Arendt e Hebert Marcuse, Maria Ribeiro do Valle nos oferece amplo subsídio para o aprofundamento da questão sobre o uso da violência para a transformação da sociedade.
A autora busca os fundamentos epistemológicos que nortearam as reflexões de Arendt e Marcuse sobre contestação estudantil nos anos 1960 – resgatando, neste percurso, o pensamento de Tocqueville, Hegel e Marx –, e detalha os posicionamentos teóricos e políticos dos dois pensadores. O resultado é um reflexão que, além de colocar a questão social no centro do problema politico, possibilita pensar criticamente o mundo contemporâneo.

2 em estoque

REF: A violência revolucionária em Hannah Arendt e Herbert Marcuse Categorias , Tags: , ,

Autor:
Maria Ribeiro do Valle

Número de páginas:
192

ISBN:
9788571396132

Editora:
Unesp

Informação adicional

Peso 0.237 kg
Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!