Amilcar Cabral + Pensamento Africano no Século XX

R$50,00

2 livros por 50 reais!

AMILCAR CABRAL E A CRÍTICA AO COLONIALISMO (Patrícia Villen)
“Amílcar Cabral foi o responsável pela mais bem-sucedida adaptação do marxismo crítico e criativo à realidade da África Negra. Dissecou os clássicos do marxismo, fez um estudo criativo das classes sociais e desenvolveu uma forma de luta própria contra o regime de espoliação colonial. Diante de um regime feroz e assassino, se ergueu com a crítica das armas e as armas da crítica para conduzir à vitória o Partido Africano da Independência de Guiné-Bissau e Cabo Verde (…) É no interior deste pensamento complexo e único que a análise de Patricia Villen ganha força. Seu livro transcende os muros acadêmicos pela temática, pelas opções teóricas e pela coragem intelectual. Sua linguagem não deixa dúvidas: o colonialismo português não foi brando nem ‘civilizado’, e sim uma técnica de extração forçada de excedente econômico e de dominação racista.” (Lincoln Secco)“Amílcar Cabral foi o responsável pela mais bem-sucedida adaptação do marxismo crítico e criativo à realidade da África Negra. Dissecou os clássicos do marxismo, fez um estudo criativo das classes sociais e desenvolveu uma forma de luta própria contra o regime de espoliação colonial. Diante de um regime feroz e assassino, se ergueu com a crítica das armas e as armas da crítica para conduzir à vitória o Partido Africano da Independência de Guiné-Bissau e Cabo Verde (…) É no interior deste pensamento complexo e único que a análise de Patricia Villen ganha força. Seu livro transcende os muros acadêmicos pela temática, pelas opções teóricas e pela coragem intelectual. Sua linguagem não deixa dúvidas: o colonialismo português não foi brando nem ‘civilizado’, e sim uma técnica de extração forçada de excedente econômico e de dominação racista.” (Lincoln Secco)

PENSAMENTO AFRICANO NO SÉCULO XX, O (José Rivair – org.)
Este livro é uma contribuição para a introdução aos debates desenvolvidos por intelectuais consagrados na luta pela autodeterminação dos povos africanos, no combate ao etnocentrismo e ao racismo, na proposição de alternativas para a construção da justiça social e da democracia em seus respectivos países. Dele participam jovens pesquisadores africanos e brasileiros, docentes e pesquisadores universitários interessados pelos dilemas e desafi os que se apresentaram aos intérpretes sociais, culturais e políticos do continente no decurso de sua inserção no sistema internacional contemporâneo. A concepção da obra baseia-se na ideia de que uma perspectiva libertária supõe a descolonização mental, que, por sua vez, implica em conhecer diretamente os sujeitos mantidos em condição de subalternidade, garantindo-lhes o direito à expressão, à enunciação de sua palavra. O sentido profundo desse posicionamento encontra-se num antigo provérbio em língua bambara cuja tradução é: “A verdade não cabe numa só boca”.

REF: Amilcar Cabral + Pensamento Africano no Século XX Categoria Tags: ,

Autor:
Patrícia Villen; José Rivair Macedo (org.)

Número de páginas:
592

ISBN:
--

Editora:
Expressão Popular

Informação adicional

Peso 0.670 kg
Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!