Campesinato, a teoria da organização e a questão agrária, O

R$24,00

Na primeira parte deste livro, fugindo ao dogmatismo simplista e estabelecendo um vivo “diálogo crítico”, Marx, Engels, Lenin, Gramsci e Mao são analisados, destacando as questões políticas de organização, partido, reforma agrária e estratégia da luta social. Na segunda, o foco volta-se para a realidade brasileira onde aparecem os pioneiros no enfrentamento da questão como Octávio Brandão, Leôncio Basbaum e Nelson Werneck Sodré. Impossível não notar a riqueza e vigor destes autores nacionais, ainda que com todos os limites e tributos pagos, próprios daqueles que se embrenham e desbravam novos horizontes. O autor nos brinda ainda com um último ensaio sobre Formoso e Trombas, um dos episódios mais marcantes da luta camponesa no Brasil. Ao final da leitura deste oportuno e bem-vindo livro, o leitor sem dúvida terá uma visão integrada, bem como elementos para refletir sobre a urgência da superação dos problemas do campo na atualidade.

3 em estoque

REF: Campesinato, a teoria da organização e a questão agrária, O Categorias , , Tags: , ,

Autor:
Paulo Ribeiro Cunha

Número de páginas:
175

ISBN:
978-85-7743-197-7

Editora:
Expressão Popular

Descrição

 

Informação adicional

Peso 0.24 kg
Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!