Equador

R$20,00

A América Latina viveu, no último período, o que se poderia chamar de um “ciclo progressista”, durante o
qual a região conquistou avanços importantes. A maioria dos países tirou importantes contingentes da população da miséria, que alcançaram novos e mais altos níveis de renda e condições de vida. Em muitos casos, fortaleceu-se o mercado formal de trabalho e ampliaram-se os níveis salariais, com consequente melhoria na distribuição da renda.

Novos programas econômicos, sociais, ambientais e culturais introduziram a região em um ciclo diferente de desenvolvimento, visando à superação do período neoliberal. A região deixou de ser o “pátio traseiro” dos Estados Unidos e obteve vários avanços no que se refere à integração regional. Em alguns desses países, houve avanços substantivos no reconhecimento de direitos de populações antes marginalizadas, como no caso dos indígenas. Também assistiu-se a importantes processos constituintes, que visaram consolidar os processos democráticos estabelecidos.

Mais recentemente, entretanto, temos assistido a uma verdadeira contraofensiva das direitas na região, o que tem levado muitos a debater a tese do “esgotamento” deste ciclo. Esta tese, no entanto, ganha significados distintos, quer se trate da análise das elites econômicas e políticas que visam retomar estes governos, quer seja feita pelos setores de esquerda, que, ao observar os limites e equívocos desse processo, o fazem na perspectiva de superá-lo e seguir avançando em seu projeto.

10 em estoque

REF: 9788557080645 Categorias: , , , Tag:

Autor:
Pedro Bocca, Fátima Mello e Gonzalo Berrón

Número de páginas:
74

ISBN:
9788557080645

Editora:
Perseu Abramo

ID do produto: 6940

Descrição

 

Informação adicional

Peso 0.2 kg