Escravidão contemporânea

R$45,00

A escravidão foi abolida no Brasil no século XIX. No entanto, todo ano, pessoas são traficadas, submetidas a condições desumanas de serviço e impedidas de romper a relação com o empregador. Não raro, sofrem ameaças que vão de torturas psicológicas a espancamentos e assassinatos. Entre 1995 e setembro de 2019, mais de 54 mil pessoas foram encontradas em regime de escravidão em fazendas de gado, soja, algodão, café, laranja, batata e cana-de-açúcar, mas também em carvoarias, canteiros de obras, oficinas de costura, bordéis, entre outras unidades produtivas no Brasil. Organizado pelo jornalista e conselheiro da ONU Leonardo Sakamoto, este livro mostra o que é o trabalho escravo contemporâneo, como ele se insere no Brasil e no mundo, o que tem sido feito para erradicá-lo e por que tem sido tão difícil combatê-lo. Uma obra necessária, pois, enquanto qualquer ser humano for vítima de trabalho escravo, a humanidade não será, de fato, livre.

Autores: Leonardo Sakamoto, André Esposito Roston, Fabiola Mieres, Kevin Bales, Mike Dottridge, Natália Suzuki, Raissa Roussenq Alves, Renato Bignami, Ricardo Rezende Figueira, Siobhán McGrath, Tiago Muniz Cavalcanti, Xavier Plassat

3 em estoque

REF: Escravidão contemporânea Categorias: , , Tags: ,

Autor:
Leonardo Sakamoto (org.)

Número de páginas:
192

ISBN:
9788552001706

Editora:
Contexto

ID do produto: 36180

Informação adicional

Peso 0.278 kg