Estruturalismo e a miséria da razão, O

R$30,00

Com única edição de 1972, agora reditado pela Expressão Popular com pósfácio de José Paulo Netto, o livro pretende contribuir para indicar os limites do estruturalismo e ressaltar a universalidade e a atualidade do pensamento de Luckacs. Desenvolve e atualiza a crítica da cultura burguesa do irracionalismo com uma denúncia das variadas versões da corrente agnóstica, ou seja, daquele empobrecimento da Razão que integra, complementa e reforça os mitos irracionalistas, particularmente os que transformam as regras formais intelectivas em realidade objetiva existente acima dos homens concretos.

Autor:
Carlos Nelson Coutinho

Número de páginas:
288

ISBN:
978-85-7743-152-6

Editora:
Expressão Popular

Informação adicional

Peso 0.349 kg
Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!