História, natureza, trabalho, educação

R$50,00

A coletânea História, natureza, trabalho e educação foi organizada por Gaudêncio Frigotto, Maria Ciavatta e Roseli Salete Caldart. A seleção dos textos pode ser tomada como um guia de estudos do conjunto da obra de Karl Marx e Friedrich Engels.

Quatro categorias temáticas organizam a coletânea. “História e método”; “Capitalismo e luta de classes”; “Trabalho e educação” e “Natureza e questão agrária”. As partes correspondentes explicitam o entrelaçamento, no conjunto da obra de Karl Marx e Friedrich Engels, entre textos de análise científica do funcionamento da sociedade capitalista e da relação entre ser humano e natureza, e textos que incidiam politicamente na dinâmica da luta de classes de sua época, seja pela análise das lutas sociais em processo, seja pela construção das ferramentas de organização política da classe trabalhadora. As reflexões sobre a educação das novas gerações integram esse quadro.

Estudos como esse nos ajudam a pensar a educação na direção do futuro: o modo de produção capitalista, e o modo de vida que engendra, não é expressão de uma ordem natural e eterna, nem é o fim da história. O capitalismo é uma forma histórica de organização da produção, da apropriação dos bens da natureza e de distribuição das riquezas sociais, cujo discurso constrói uma consciência ideologizada a favor de sua reprodução e de degradação da vida humana. Ajudar a acelerar sua superação é parte da tarefa educativa de todos e todas nós. (Gaudêncio Frigotto, Maria Ciavatta e Roseli Salete Caldart)

 

TRECHOS DO LIVRO

“Não é a unidade do ser humano vivo e ativo com as condições naturais, inorgânicas, do seu metabolismo com a natureza e, em consequência, a sua apropriação da natureza que precisa de explicação ou é resultado de um processo histórico, mas a separação entre essas condições inorgânicas da existência humana e essa existência ativa, uma separação que só está posta por completo na relação entre trabalho assalariado e capital…” (K. Marx. Grundrisse)

“Com efeito, aprendemos cada dia a compreender melhor as leis da natureza e a conhecer tanto os efeitos imediatos quanto as consequências remotas de nossa intromissão no curso natural de seu desenvolvimento. E quanto mais isso seja uma realidade, mais os homens sentirão e compreenderão sua unidade com a natureza, e mais inconcebível será essa ideia absurda e antinatural da antítese entre o espírito e a matéria, o homem e a natureza, a alma e o corpo…” F. Engels [Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem…]

REF: História, natureza, trabalho, educação Categorias: , , Tags: , , , ,

Autor:
Karl Marx & Friedrich Engels

Número de páginas:
582

ISBN:
978-85-7743-381-0

Editora:
Expressão Popular

ID do produto: 35677

Descrição

Karl Marx (1818-1883) foi filósofo e militante revolucionário alemão que criou as bases do materialismo dialético e histórico, e, junto com Friedrich Engels, participou da criação da associação secreta de trabalhadores alemães, a Liga dos Justos, que depois se transformaria na organização política da futura Internacional Comunista. Em sua trajetória política, Marx foi perseguido por burgueses e aristocratas de vários países, pois seus artigos e suas obras contribuíram para que a classe trabalhadora compreendesse a necessidade da organização internacional para a abolição da sociedade capitalista e para a construção da sociedade comunista.

 

Friedrich Engels (1820-1895) foi filósofo e militante revolucionário alemão que contribuiu para o debate junto a diferentes vertentes do materialismo e da dialética, construindo com Karl Marx uma teoria sobre a transformação da sociedade e da natureza, com base no materialismo dialético e histórico. Ao tomar contato com a realidade dos operários da indústria têxtil da família, na Inglaterra, Engels abandonou os debates do idealismo hegeliano e procurou entender, ao lado de Marx, a base da exploração capitalista e as formas para a sua superação.

Informação adicional

Peso 0.787 kg
Dimensões 16 × 23 × 4 cm