Mídia e controle social

R$48,00

Aplicada ao caso dos conflitos agrários, a análise feita neste livro permite concluir que, ao despolitizar e resumir a violência no campo   à violência individual, e os conflitos, aos atos dos sem-terra, a partir da sobrerrepresentação dos depoimentos da polícia, do Judiciário e dos ruralistas, oculta-se a violência estrutural originada da concentração de terras e da exclusão social. Essa simplificação dos conflitos agrários permite também a delimitação de um determinado grupo como inimigo do Estado e da sociedade, buscando criminalizar as suas ações, despolitizar os seus argumentos e ocultar suas reais propostas. Dessa maneira, opera-se a reprodução de uma violência estrutural provocada pela desigualdade, concentração de terras e exclusão social, transfigurando, também,  os conceitos  de  cidadania  e  democracia.
Marília De Nardin Budó é doutora em Direito pela Universidade Federal do Paraná, com doutorado-sanduíche na Universidade de Bolonha, na Itália. É mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina, especialista em Pensamento político brasileiro e graduada em Direito e em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente é professora no curso de direito do Centro Universitário Franciscano (Unifra), na cidade de Santa Maria-RS.

Fora de estoque

REF: Mídia e controle social Categorias: , , Tag:

Autor:
Marília de Nardin Budó

Número de páginas:
272

ISBN:
978-85-7106-489-8

Editora:
Revan

ID do produto: 7959

Informação adicional

Peso 0.3 kg