Por uma geografia em movimento – a ciência como ferramenta de luta

R$30,00

Qual ciência queremos e precisamos para o fortalecimento das lutas das classes periféricas? Qual epistemologia, quais ferramentas metodológicas, conceituais e teóricas temos e/ou devemos desenvolver para fortalecer a ciência em sua função de servir a essas classes e suas lutas? A proposta neste Ciclo 1 “Saberes” da coleção “Saberes, territórios, movimentos” é refletir questões como estas a partir da convicção de que Geografia(s) em movimento(s) podem e devem ser uma ferramenta de luta do e para o movimento social. Militantes de movimentos sociais podem ser pesquisadores, e pesquisadores podem ser militantes numa perspectiva de articulação de movimento social e Geografia, na qual lutamos para transformar, investigamos para compreender e refletimos para participar de um diálogo de sAté que ponto e de que maneira favelas são territórios constituídos por práticas resistentes, de forma implícita e explicita, que contribuem para a construção de uma outra so(c)i(e)dade – de todos e todas, horizontal, descentralizada, autogerida, solidária e justa? Abordar – seja na questão acima, no âmbito de uma pesquisa, na vida – periferias urbanas como “territórios de resistência” representa, ao mesmo tempo, perspectiva de análise científica, proposta de luta e projeção de outros futuros possíveis. O objetivo específico da pesquisa que fundamenta a coleção “Saberes, territórios, movimentos”, organizada em três ciclos, tem sido acompanhar, refletir e discutir o trabalho de movimentos sociais de base que atuam em favelas no Rio de Janeiro para alcançar um melhor entendimento das formas de resistência e territorialização, expressas na relação “favela como território” e “movimento social de base que nele se territorializa”. Experiências de uma investigação militante levam à necessidade e possibilidade de melhor compreender a função da ciência como possível ferramenta de luta (Ciclo 1 “Saberes”, apresentado neste livro), refletir a multiterritorialidade de relações de dominação e resistência que constituem as periferias urbanas (Ciclo 2 “Territórios”) e conhecer melhor o trabalho de movimentos sociais de base atuantes em favelas do Rioaberes que potencializa a luta popular.

Fora de estoque

REF: Por uma geografia em movimento - a ciência como ferramenta de luta Categorias: , Tag:

Autor:
Timo Bartholl

Número de páginas:
168

ISBN:
9788569437499

Editora:
Consequência

ID do produto: 22211

Informação adicional

Peso 0.249 kg