Quando vier o silêncio – o problema mineral brasileiro

R$20,00

Este livro procura responder à questão: por que as grandes mineradoras têm causado graves problemas à população brasileira? Os autores não descartam a importância da mineração na vida da humanidade ao longo de sua história. Apenas procuram democratizar o debate sobre mineração para que todas e todos envolvidos nas trágicas ações das mineradoras possam compreender, exigir justiça e opinar sobre a construção de novas alternativas de organização da mineração no Brasil.

Os autores analisam a especificidade da mineração brasileira inserida no mercado global de minerais, bem como seus efeitos e influências sobre as regiões de mineração. As transformações no mercado financeiro, as altas e baixas nos preços, a especulação e os intermediários financeiros aparecem para contextualizar os episódios de rompimentos de barragens de rejeitos como as de Mariana e Brumadinho. Contra esse cenário, os autores sintetizam novas formas de se pensar, construir e propor um programa popular na mineração, pois apenas com a atenção contínua da população será possível reverter o quadro trágico da mineração no país e construir novas formas de organizar a atividade.

Com o objetivo de chegar a um público mais amplo da população brasileira, este livro serve como guia introdutório no debate sobre a mineração. Com isso, os autores evitaram o uso da linguagem acadêmica e os termos específicos do setor da mineração para possibilitar o acesso às informações necessárias para a tomada de decisão frente à atividade mineradora no Brasil.

Trecho do livro

“A mineração no Brasil é um campo aberto para a compreensão da população. Por muito tempo, não percebemos que se trata de um dos principais países do mundo em termos de extração mineral e que tal fato gera consequências, que passaram muito tempo sendo escondidas até a Samarco e a Vale as escancararem.

Tendo em vista os processos de desindustrialização e da reprimarização das exportações, a estabilidade com lento crescimento dos preços dos minerais no mercado internacional, e, principalmente, as medidas do governo Bolsonaro, a tendência é que o setor volte a se expandir, de maneira violenta, ocupando territórios e transformando decisivamente o meio ambiente. Devido à forma pela qual é organizada a atividade, que foi             analisada ao longo do livro, sua expansão causa preocupação. ”

Baixe gratuitamente o livro, clicando aqui!

REF: Quando vier o silêncio – o problema mineral brasileiro Categorias: , Tags: , , , , ,

Autor:
Charles Trocate; Tádzio Coelho

Número de páginas:
146

ISBN:
9788577433827

Editora:
Editora Expressão Popular

ID do produto: 35514

Descrição

Charles Trocate é escritor, filósofo e educador popular, integra a coordenação nacional do Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM). É um dos organizadores da coleção “A questão mineral no Brasil” pela editora Iguana. É membro da Academia de Letras do sul e sudeste do Pará-ALSSP, e autor de vários livros de poesia, entre eles, Ato primavera, Expressão Popular (2007). Em 2017, publicou Quando as armas falam, as musas calam?, um balanço das lutas populares amazônicas em seu itinerário de enfrentamentos à espacialização dos capitais destrutivos sobre a região.

Tádzio Peters Coelho é professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e pesquisador do grupo de pesquisa e extensão Política, Economia, Mineração, Ambiente e Sociedade (PoEMAS). Também é membro do Grupo de Trabalho Fronteras, Regionalización y Globalización em América do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) e professor colaborador da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF). Doutorou-se em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e autor do livro Projeto Grande Carajás: 30 anos de desenvolvimento frustrado (Rio de Janeiro: Ibase, 2014)

Informação adicional

Peso 0.126 kg