Sobre a evolução do conceito de campesinato

R$15,00

Nesta obra, o leitor encontra ferramentas teóricas que possibilitam enfrentar a ofensiva neoliberal que, da academia e da prática política, apresenta como inevitável a evolução da agricultura familiar ao agronegócio no contexto da agricultura industrializada em sua atual versão transgênica. Seu contraponto, fundamentado na História, recupera o conceito de campesinato e confirma seu modo de ser e de viver nas diferentes formas de sociedade. Ao recuperar o conceito de camponês – uma questão estratégica para o debate com o pensamento neoliberal e ortodoxo – recupera a importância do papel histórico do campesinato, fundamental para a democratização da terra e da riqueza no campo.

Fora de estoque

Autor:
Eduardo Sevilla Guzmán; Manuel González de Molina

Número de páginas:
96

ISBN:
9788587394835

Editora:
Expressão Popular

Informação adicional

Peso 0.126 kg
Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!