Sociologia política da guerra camponesa de Canudos (livro vitual)

R$0,00R$20,00

O livro que ora apresentamos, faz parte de seus estudos sobre as lutas no campo brasileiro. Aqui, além de importante reflexão teórica sobre a natureza e caráter político dos movimentos sociais em geral, e em particular dos movimentos camponeses, o leitor encontrará os elos históricos que nos fazem entender a Guerra Canudos e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – o MST, como parte de uma mesma cadeia de resistência ao monopólio da propriedade da terra em nosso país – um dos pontos cruciais de nosso atraso econômico e social. (Alípio Freire)

Canudos é um dos movimentos sociais mais importantes da América do Sul e culminou na maior guerra civil do Brasil, depois da Cabanagem no Pará e do Contestado em Santa Catarina-Paraná. O seu conteúdo social e por isto também político não tem sido devidamente avaliado. A guerra liderada por Antônio Conselheiro é o reflexo eloqüente e ao mesmo tempo incompleto (pelo suporte ideológico religioso em que se apoiou) das contradições que existiam naquela época e ainda persistem nas relações sociais (no nível das relações de produção) do nosso setor agrário. (Clóvis Moura)

 

Limpar
REF: Sociologia política da guerra camponesa de Canudos Categoria: Tags: , , ,

Autor:
Clóvis Moura

Número de páginas:
160

ISBN:
9788587394064

Editora:
Expressão Popular

ID do produto: 13982

Informação adicional

Aguarde

Livraria e Editora Expressão Popular

Receba nossos informativos!