Mulheres trabalhadoras e marxismo

R$24,00

Contra a visão policlassista, reformista e feminista-burguesa que Carmen Carrasco e Mercedes Petit polemizam no livro que ora apresentamos ao leitor.

Em uma de suas passagens mais significativas, as autoras afirmam:

“Assim como a Terceira Internacional, nós acreditamos que será mediante a união na luta de todos os explorados, e não pela das forças femininas das classes opositoras, que chegaremos ao comunismo. E cremos, como Lenin e Trotsky, que nossa política tem de ser a de dissuadir as operárias de todos os países de qualquer tipo de colaboração e de coalizão com as feministas burguesas. Acreditamos que nossa política estratégica tem de ser categórica, contundente; que temos de afirmar absoluta e profundamente que estamos pela separação entre as operárias e as burguesas, entre as camponesas e as latifundiárias, entre as revolucionárias e as contrarrevolucionárias, e que queremos ganhar a maioria das mulheres para o lado da classe operária. Que queremos ganhar a maioria das mulheres e arrastar também setores da classe média para as fileiras do partido revolucionário e para a revolução socialista”. 

Em um momento em que o machismo adquire dimensões alarmantes em nossa sociedade, adquirem peso também posições não-marxistas que buscam combater a opressão com uma lógica policlassista e com uma visão feminista-burguesa de mundo. Nesse sentido, o debate é mais do que atual. O livro de Carmen Carrasco e Mercedes Petit é uma arma imprescindível para uma luta principista, e portanto eficiente, contra o machismo e a opressão, em defesa da única solução viável para as mulheres e para todos os oprimidos e explorados: o socialismo no mundo inteiro.

Fora de estoque

REF: Mulheres trabalhadoras e marxismo Categoria: Tags: , ,

Autor:
Mercedes Petit; Carmen Carrasco (orgs)

Número de páginas:
160

ISBN:
978-85-9915-679-7

Editora:
Feminismo

ID do produto: 7093

Informação adicional

Peso 0.204 kg