Trabalho nos clássicos da Sociologia, O – Marx, Durkheim e Weber

R$40,00

Este livro – O trabalho nos clássicos da sociologia: Marx, Durkheim e Weber, de Cesar Sanson – é uma primorosa introdução à teoria social clássica. A partir da categoria trabalho, o autor apresenta valiosas chaves de leitura à compreensão das teorias de Marx, Durkheim e Weber acerca do “maior evento da modernidade: o capitalismo”. Com um duplo esforço, que revela a sua formação junto aos movimentos sociais populares e o seu compromisso acadêmico, o autor articula um estilo literário a um só tempo, descomplicado e meticuloso no que se refere à temática do livro.

Esta obra se orienta, portanto, pela descrição e interpre­tação da categoria trabalho nos clássicos. Ou seja, procura-se, em um primeiro momento, deixar que os próprios autores falem por meio de seus escritos e, na sequência, o argumento interpretativo auxilia a com­preensão da escrita do autor. Como poderá se observar, é recorrente o uso de transcrições literais das obras dos próprios autores como método de sustentação fidedigna do que efetivamente pensam. A interpretação do que dizem os autores é utilizada como recurso de compreensão e contextualização. A essa estrutura de texto acrescentam-se, ao final das elaborações sobre cada autor, dois tópicos comuns a todos eles, a saber, o lugar que a categoria trabalho ocupa em seu método e a sua contribuição, a partir do método, para a compreensão do trabalho hoje. No livro, o autor se pretende uma hermenêutica não muito simples, que se trata de uma tentativa de responder à seguinte questão: o que pensa­riam esses autores da sociedade do trabalho hoje? Como conclusão, empreendemos um esforço em articular um possível diálogo entre os autores, tendo a categoria trabalho como referência.

Apesar deste livro se referir a autores cujas obras se reportam a um tempo já bastante distante, segunda metade do século XIX e início do século XX, trata-se de uma contribuição valiosa, não só como guia de estudo sobre as referidas obras, mas também como esforço de interpretação sobre os tempos atuais. As categorias de análise, os fundamentos metodológicos e os diagnósticos que Marx, Durkheim e Weber foram capazes de produzir, cada um segundo perspectivas próprias, continuam indispensáveis a todos os que se dedicam ao es­tudo da sociedade contemporânea.

Segundo o autor, esta obra, embora possa ser lida por todos que se interessam pelo tema do trabalho, foi escrita, sobretudo, pensando-se nos professores que lecionam Socio­logia e nos estudantes que se interessam por esse conteúdo.

Ao final de cada capítulo, o autor revela a sua posição com objetividade e convida o leitor a refletir acerca da atualidade da concepção que cada um dos respectivos clássicos tem referente ao trabalho, problematizando relevantes questões do capitalismo contemporâneo. Com isso, esta obra pode ser considerada uma fecunda fonte de inspiração para novos estudos sobre o trabalho e as mudanças pelas quais ele está passando.

Àqueles que buscam compreender a dimensão tão importante do trabalho na vida humana, O trabalho nos clássicos da sociologia: Marx, Durkheim e Weber, de Cesar Sanson, se mostra, assim, uma obra necessária, pertinente e acessível àqueles que almejam compreender os alicerces que sustentam a teoria social a partir de uma abordagem autêntica e ousada.

43 em estoque

Descrição

Sobre o autor:

Cesar Sanson – Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Coordenador do Curso de Licenciatura Ciências Sociais PRONERA-NE. Área de docência e pesquisa: sociologia do trabalho e sociologia do Brasil. Possui graduação em Filosofia e História pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR – 1981) com especialização em Economia e Trabalho pela UFPR (1997), mestrado (2003) e doutorado (2009) na área da sociologia do trabalho pela UFPR.

Informação adicional

Peso 0.220 kg
Dimensões 14 × 21 cm