Um geógrafo do poder no Brasil do Império

R$40,00

A história da geografia em países de passado colonial, foi, por muito tempo, contada a partir de um marco histórico que se confundia com o surgimento de instituições similares àquelas existentes na Europa e, logo, as narrativas historiográficas eram nomeadamente miméticas, subalternas e baseadas em um modo de conceber o processo de produção do conhecimento a partir deste espelho epistêmico do Norte. Ao colocar na ordem do dia, ainda que completamente encaixado na moldura do seu tempo, um personagem que não separava a ciência daquela época da política que se praticava naquele Brasil monárquico escravagista, se delineou uma proposta de método que buscava outra periodização e reconhecia a existência de diferentes formas de institucionalização científica e do conhecimento.

A perspectiva deste livro, que foi laureado com menção honrosa pela Fundação Joaquim Nabuco no concurso Nelson Chaves de teses e dissertações nos idos de mil novecentos e noventa e sete, é revelar como os personagens só se explicam quando são postos no interior de suas relações, interesses e possibilidades.

1 em estoque

REF: Um geógrafo do poder no Brasil do Império Categorias: , , , Tag:

Autor:
Manoel Fernandes de Sousa Neto

Número de páginas:
160

ISBN:
9788569437475

Editora:
Consequência

ID do produto: 22202

Informação adicional

Peso 0.266 kg